Omegueiras.com

Fórum de discusssão sobre o nosso amado Absoluto. Postaremos dicas, informações, serviços e tudo a respeito do nosso Omega/Suprema.
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 Dicas e curiosidades sobre os pneus

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Joy
Admin
avatar

Mensagens : 58
Data de inscrição : 21/12/2016

MensagemAssunto: Dicas e curiosidades sobre os pneus   Sab Abr 29, 2017 6:13 am

Segurança dos Pneus

Dirigimos diariamente e quase nunca prestamos atenção a uma das partes mais importantes do automóvel, O PNEU. Veja a seguir como ler e entender a fabricação e o uso correto de um pneu.

Data de validade


Ela caduca em quatro anos após a data de fabricação, a qual está estampada no lado do pneu. Ela está impressa em quatro dígitos, indicando semana e ano de fabricação. Na foto, mais adiante, significa que foi fabricado na sétima semana de 2007, portanto fevereiro de 2007 com validade até fevereiro de 2011. Pneus caducados podem causar acidentes. Inspecione sempre a data de validade dos mesmos.



Data de Fabricação do Pneu
Este numero indica que o pneu foi fabricado na 7ª Semana de 2007 o que é o mesmo que Fevereiro de 2007, isto significa que tem data de validade até Fevereiro de 2011.

Se utilizarmos pneus caducados, é possível que estourem e o resultado pode ocasionar acidente grave. É um bom hábito inspeccionar os pneus para verificar a sua data de de validade.

Pressão

Máxima pressão do pneuOutro ponto importante é a calibragem. Calibre sempre conforme o manual do veículo. Baixa pressão para evitar ruídos na rodagem, É PERIGOSO. Em auto-estrada ou BR, o pneu com baixa pressão tende a esquentar e estourar. Portanto muita atenção. Na lateal dos pneus, encontramos o valor máximo admissível para a pressão, alguns pneus têm apenas capacidade para a pressão máxima de 32 PSI, outros são projetados para 44 PSI e alguns mesmo 50 PSI. Verifique os pneus para saber qual é a máxima pressão que suportam. Uma prática aceitável é rodar com uma calibragem ligeiramente abaixo dos valores indicados. Veja a tabela a seguir:



Máxima Pressão Pressão Aceitável

32 PSI 28 PSI
44 PSI 35 PSI
50 PSI 44 PSI
Carga

Carga Máxima por pneu

Outro ponto importante a considerar é a carga a que submetemos os pneus. Muitas vezes sobrecarregamos os veículos sem prestar atenção ao esforço que isto representa para os pneus. Não exceda a capacidade máxima de carga, o pneu poderá estourar e causar um acidentes.



A tabela mostra o índice de carga e a máxima capacidade de carga por pneu em libras e quilos.

Índice de Carga Carga máxima em Kg
80 450
81 462
82 475
83 487
84 500
85 515
86 530
87 545
88 560
89 580
90 600
91 615
92 630
93 650
94 670
95 690
96 710
97 730
98 750
99 775
100 800
101 825
102 850
103 875
104 900
105 925
106 950
107 975
108 1.000
109 1.030
110 1.060
111 1.090
112 1.120
113 1.150
114 1.180
115 1.215
116 1.250
117 1.285
118 1.320
119 1.360
120 1.400
121 1.450
122 1.500
123 1.550
124 1.600
125 1.650
126 1.700
127 1.750
128 1.800
129 1.850
130 1.900
131 1.950
132 2.000
133 2.060
134 2.120
135 2.180
136 2.240
137 2.300
138 2.360
139 2.430

Velocidade

O pneu foi projetado para uma velocidade máxima e ela está indicada por uma letra ao lado do índice de carga. A tabela abaixo mostra a velocidade em Km/h e Mph.

Índice de velocidade Velocidade em Km/h
Q 160
R 170
S 180
T 190
U 200
H 210
V 240
ZR >240
W 270
Y 300


Resistência à temperatura

As letras indicam a resistência de um pneu ao calor. Sendo "A" o mais alto e "C" o mais baixo.

Símbolo Área
A Área Quente
B Área Normal
C Área Fria

Tração


Índice de Tração
A tração é a capacidade de um pneu para parar em pavimento molhado. Um pneu de maior graduação permite uma maior capacidade de parar o veículo numa via molhada, numa distância menor do que um pneu de uma menor graduação. A tração está classificada do mais alto para o mais baixo como "AA", "A", "B" e "C".

Desgaste



Índice de Desgaste
Este numero indica quanto maior for a graduação, mais tempo levará para o pneu desgastar. Portanto, um pneu de graduação 400 irá durar o dobro que o de graduação 200.

Dimensões


Muitos de nós já compramos pneus no passado e quando nos perguntam de que tamanho queremos, fazemos uso do pneu velho para obter uma informação de comparação. As dimensões de um pneu são caracterizadas por letras e números. O que significam esses números? Veja abaixo:

Indicadores de dimensões do Pneu

P

Pneu para veículo de passageiros

265

Largura do pneu em milímetros

60

Relação da altura com a largura do pneu, 60% da largura neste caso

R

Pneu Radial

18

Roda de aro 18 polegadas

O que devemos saber sobre pneus?

Data de fabricação
Máxima pressão de enchimento
Tração
Desgaste
Máxima capacidade de carga por pneu
Variação de velocidade
Resistência à temperatura
Tamanho do pneu
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Joy
Admin
avatar

Mensagens : 58
Data de inscrição : 21/12/2016

MensagemAssunto: Re: Dicas e curiosidades sobre os pneus   Sab Abr 29, 2017 6:14 am

Dicas Importantes para Evitar o Desgaste dos Pneus:

Para evitar que o pneu tenha desgaste excessivo e desnecessário, há algumas recomendações valiosas:

Calibre os pneus semanalmente de acordo com a indicação do manual do fabricante.
Faça rodízio de pneus.
Evite sobrecarga de peso.
Faça a manutenção preventiva de componentes do veículo que atuam diretamente sobre os pneus.
Alinhe o sistema de direção e suspensão, além do balanceamento de pneus conforme indicado pelo fabricante.
Utilize o pneu indicado para cada tipo de solo.
Observe periodicamente o indicador de desgaste de rodagem (TWI – Tread Wear Indicators), que existe em todo pneu para mostrar o momento certo da troca.
Evite o contato do pneu com derivados de petróleo ou solventes, que atacam a borracha.
Evite a direção agressiva com freadas fortes e mudanças bruscas de direção.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Joy
Admin
avatar

Mensagens : 58
Data de inscrição : 21/12/2016

MensagemAssunto: Re: Dicas e curiosidades sobre os pneus   Sab Abr 29, 2017 6:17 am

Dicas e manutenção

A vida útil dos pneus depende de uma manutenção cuidadosa do motorista. Nesta área, a ANIP orienta sobre limite de segurança, pressão, o rodízio de pneus e dicas importantes para evitar o desgaste dos pneus.

Benefícios dos Pneus

O que a maioria dos usuários esquece é que o pneu não é só um componente importante para a performance do transporte, mas essencial à segurança. Fabricado para atender os hábitos de consumo, as condições climáticas e as características do sistema viário existente em cada país, o pneu é parte fundamental do cotidiano das pessoas.

Esse item básico da composição de um veículo é utilizado desde o lazer de uma família até práticas de serviços à sociedade como o transporte de pessoas e de carga. Para garantir a confiabilidade dos pneus dos carros de passeio, ônibus e caminhões, a indústria de pneumáticos realiza investimentos constantes em novas tecnologias, com o desenvolvimento de novos produtos que possam atender às exigências do consumidor.

Os fabricantes destacam como ponto importante a qualidade e a distinção dos materiais responsáveis pela produção dos pneus automotivos, que possuem certificação compulsória pelo INMETRO. Além disso, os pneus contam com a certificação da União Européia e do DOT – Departament of Transportation – dos Estados Unidos, condição essencial para a exportação desses pneus. O usuário do pneu conta também com garantia de cinco anos contra defeitos de fabricação.

Outro fator importante dos pneus são as informações nas laterais, dados imprescindíveis para controle do consumidor quanto à origem do pneu (data de fabricação, tipo de pneu, nome do fabricante, entre outros).

Cuidados como evitar a sobrecarga e a periódica manutenção dos pneus garantem a segurança de seus usuários, oferecendo rendimento e economia de combustível para carros e caminhões.

]b]Limite de Segurança[/b]

O desgaste máximo do pneu (limite de segurança) é de 1.6 mm de profundidade dos sulcos. Abaixo dessa medida, o pneu já passa a ser considerado "careca". A resolução do Contran 558/80 estabelece que trafegar com pneus abaixo do limite é ilegal. O veículo pode ser apreendido.

Os pneus vêm com ressaltos na base dos sulcos para indicar o limite de segurança sem ter que se usar um medidor. Por isso, o motorista pode vistoriar bem o pneu periodicamente, sem necessidade de se deslocar a um estabelecimento comercial.

Veja as implicações do uso de pneus abaixo do limite:

Aumento da propensão de derrapagens laterais, mesmo em pista seca
O espaço necessário para frenagem aumenta, mesmo em pista seca
Não dão drenagem adequada de água, causando grande instabilidade em pistas molhadas
Aumenta o risco de furos e cortes na banda de rodagem

Manutenção Mecânica

Vários componentes mecânicos do veículo podem interferir na quilometragem dos pneus, ocasionando também desgastes prematuros e insegurança. Amortecedores ou molas, freios, rolamentos, eixos e rodas agem diretamente sobre os pneus.

Balanceamento de Roda

O desbalanceamento das rodas, além de desconforto ao dirigir, causa perda de tração, de estabilidade, desgastes acentuados em componentes mecânicos e no próprio pneu.

Deve-se balancear as rodas sempre que surgirem vibrações, na troca ou conserto do pneu, ou a cada 10.000 km rodados.

Alinhamento de Direção

Desvios mecânicos provocam desgastes prematuros de pneus e desalinhamento de direção, deixando o veículo instável e inseguro.

Deve-se alinhar o veículo quando sofrer impactos na suspensão, na troca de pneus ou quando apresentarem desgastes irregulares, quando forem substituídos componentes da suspensão, quando o veículo estiver puxando para um lado, ou a cada 10.000 km.

Pressão dos Pneus (calibração)

Baixa Pressão

O descuido com a calibragem dos pneus traz sérias conseqüências para a durabilidade do produto. A baixa pressão é um dos inimigos do pneu. Apresenta vários problemas, envolvendo inclusive riscos de segurança, como:

Aceleração do desgaste geral do pneu (trabalha mais quente)
Aumento do desgaste nos ombros (apoio maior sobre esta área)
Maior consumo de combustível (maior resistência de rolamento)
Perda de estabilidade em curvas (alteração da área de contato com o solo)
Direção pesada e perda da capacidade de manejo (maior resistência)
Desgaste prematuro dos terminais de direção (aumento de exigência)
Excesso de Pressão
Os problemas de excesso de pressão são menores do que os da falta de pressão:

Desgaste mais acentuado no centro da rodagem (apoio maior sobre esta área)
Perda de estabilidade em curvas (menor área de contato com o solo)
O Rodízio dos Pneus
O rodízio serve para compensar a diferença de desgaste dos pneus, permitindo mais durabilidade e eficiência. Proporciona também melhor estabilidade, especialmente em curvas e freadas.

Mudança para pneus diagonais de passeio: a cada 5000 Km
Mudança para pneus radiais de passeio: a cada 8000 Km
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Dicas e curiosidades sobre os pneus   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Dicas e curiosidades sobre os pneus
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Opinião sobre Esses Pneus - O melhor é?
» PNEUS "MAXXIS" Péssimo, Regular, Bom ou Ótimo???
» Os novos pneus da Michelin - são bons?
» Um pequeno guia sobre os pneus de motocicletas e de scooters (1ª PARTE)
» Dia a Dia do nosso J2, curiosidades na rua e etc.

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Omegueiras.com :: Problemas e Manutenções :: Pneus e Freios-
Ir para: